"Quando uma pessoa nos dá todos os motivos do mundo para desistir dela, devemos fazer o que mesmo? Ah claro! Seguir em frente e deixar todas as lembranças para atrás. Mas isso não é bem o nosso caso, Charlie. Tu me dá todos os motivos e ao mesmo tempo sabe muito bem como acabar com isso, mas que “ser” desagradável que tu é. Porque eu teimo em querer te resolver e te fazer ficar bem comigo, porque eu ainda tento insistir em você sabendo que todo esse problema é sem solução alguma. Eu sinto falta de você quando vai pra longe e me esquece em um canto qualquer. Mesmo que a gente não de certo, é bacana ter alguém para poder implicar sempre. O nó em que conseguimos nos embolar é tão complicado, como imaginar nós dois juntos como um casal de verdade. Somos dois indecifráveis, cada dia é uma nova descoberta, eu sou problema e tu é a confusão, somos a combinação perfeito de tudo o que dá errado. Saiba que de todos os caras que eu conheci e até mesmo me envolvi, você foi aquele que mais me fez bem, apesar de todas as nossas implicâncias. Nosso amor não passava de apenas uma brincadeira, que no final acabou se tornando verdade. Mas a verdade é que sempre estivemos por um fio, não que sejamos um casal e sim porque somos dois tapados em uma corda bamba. Se alguém me perguntar o que mais acho complicado nessa vida, sem dúvidas logo penso em ti, em mim, em nós."
- Ele é totalmente o Oposto de mim. (via promessasvazias)

(via diariod-eumasuicida)

"Ora, me perdoas então? Se me perdi em meus devaneios e não percebi que tu tinhas coração?
Me perdoas então? Se não li nas entrelinhas do teu ódio, naquele episódio, que tu dizias me amar?
Me perdoas então? Por pensar que Saramago falava de ti naquela conhecida frase, e quase, eu digo quase, desisti de tentar, de te amar.
Me perdoas então?"

Ler é minha válvula de escape.

Tenho uma lesão na alma e quando essa sarar a certeza que outra aparecerá. Maior. Menor. Tanto faz, que seja. Toda dor que sentimos no instante agora parece ser mais intensa que a de antes. Todo amor sentido agora parece ser maior que o que veio antes. Todo choro de agora é mais sofrido que o de…

(Fonte: longanimidades)